domingo, 22 de abril de 2012

“Elementary”: Freelancer Dan Owen dá a sua opinião acerca do guião do piloto da nova série da CBS

Lucy Liu (Joan Watson) e Lee Miller (Sherlock Holmes)
O jornalista freelancer, Dan Owen, leu o guião do episódio piloto de “Elementary” e publicou a sua opinião no seu blog, Dans Media Digest.
Achámos a sua descrição crítica daquilo que leu tão interessante, que decidimos traduzir algumas passagens do dito texto, que pode ser lido na totalidade aqui.

“Bem, lê-se como um normal, mas eficiente, programa de detetives dos EU que, por acaso, figura o famoso «Sherlock Holmes» com um Watson feminino a reboque (comummente referido como «Joan»). Não há muito que distinga Elementary de um programa como The Mentalist, sinceramente; porque ambos enfrentam um mistério semanal que apenas um extraordinário excêntrico consegue resolver.”




“Depois de ler o piloto de Elementary, empanquei primeiro no número de clichés que ele contém: alguém é acordado pelo seu despertador na página um, antes de partir para uma corrida matinal. Quantas vezes um piloto já começou assim?”

“Temos o nosso primeiro exemplo dos talentos de Sherlock numa cena em que se revela que ele anda a praticar a sua capacidade de memorizar o diálogo de nove canais de TV diferentes, simultaneamente. Suponho que isso é uma demonstração impressionante da sua mente multifacetada, mas também me parece estúpido.”

“(…) o programa da BBC não tem nada com que se preocupar. Como personagem, o Sherlock de Elementary não está nem perto de ser tão fascinante ou antissocial, sendo uma versão apaixonada mas mais suave do detetive retratado por Benedict Cumberbatch do outro lado do oceano.”

“O Sherlock da CBS também não é tão alegremente inteligente quanto o seu equivalente da BBC – o que é outra maneira de dizer que o escritor Rob Doherty não é nenhum Steven Moffat – apesar de que alguns poderão interpretar isto como positivo, porque os talentos do Sherlock da CBS são mais credíveis. (…) Sherlock até aceita a derrota algumas vezes (uma vez admitindo que usa o Google para «deduzir» certas coisas), o que dá a esta personagem um ar menos tipo-Deus.”

“Eu não odiei o guião de Elementary, apenas não é nada de memorável. Não sentimos que Doherty é um grande fã de Sherlock Holmes, per se, apenas alguém que adorou a brilhante série Britânica e escreveu uma cópia pálida que adere às regras estritas das cadeias de drama dos EU. (…) Este programa Americano produzirá mais episódios em dois meses do que Sherlock produziu em dois anos, mas eu sei qual deles estarei desejoso de assistir.”

E parece que Joan Watson é, de facto, médica, apesar de, aparentemente, não ter antecedentes militares. “(…) Gostei de como a ex-cirurgiã, Joan Watson, conhece Sherlock (designada pelo seu ainda-por-conhecer irmão mais velho, para ser a sua parceira de reabilitação de drogas (…)).”

“É como se o Watson tivesse sido feminizado apenas para que Elementary conseguisse chamar a atenção das mulheres. (…) Mais provavelmente, foi apenas uma maneira fácil de fazer com que Elementary parecesse superficialmente diferente do programa da BBC que, claramente, o inspirou.”

“(…) Não vejo Elementary a tornar-se um programa favorito dos fãs. Não enquanto um novo trio de aventuras com Cumberbatch está prometido pela BBC.”

E conclui, “Ainda assim, pelo menos eles evitaram tornar Sherlock um Nova-Iorquino nativo, por isso, fiquemos agradecidos pela pequena misericórdia.”

Se ficaram curiosos por conhecer a totalidade deste texto, podem consultá-lo aqui.




Até mais,
ST.

P.S. – Votem em "Sherlock" para o prémio YouTube Audience dos Arqiva British Academy Television Awards 2012 aqui.
Mais informações aqui.

3 comentários:

Lizzie disse...

Argh, justamente como eu imaginei que seria, só mais um seriado policial que tem o nome do Holmes no meio e usa a ideia de se passar nos dias atuais. Bom, ignorarei simplesmente, pelo o que nós vimos até agora, não vale a pena mesmo.

E a ideia de termos uma Watson mulher me irrita PROFUNDAMENTE, porque sinto que eles vão nos empurrar uma história amorosa entre os dois principais. Ah, se era para fazer isso, que fizesse um casal gay mesmo, oras! Iria ficar mais interessante.
Ou mudava o sexo de todo mundo - AÍ sim, eu acho que ficaria legal!

Snail Trail disse...

Hehehehe... XD Tem toda a razão!

PHS.

Lika disse...

Isso só faz minha idéia da série ficar ainda mais forte, todas as nossas suspeitas foram confirmadas após esse relato!!!

Enfim, como disse o reporter, eu sie bem pela qual estreia estou mais ansiosa! (e muito diga-se de passagem!)

Enviar um comentário

Os 3 visitantes com mais comentários aparecerão no nosso Top Comentadores!
(Para seguir os comentários desta mensagem, clique em "Notificar-me" antes de publicar o seu comentário.)