sábado, 9 de junho de 2012

Irá “Sherlock” enfrentar um problema “Elementar”?

A mais recente (e talvez uma das mais controversas) adaptação dos livros de Sir Arthur Conan Doyle para televisão é norte-americana, esteará este Outono na CBS e traz Sherlock Holmes para os tempos modernos, acompanhado por uma asiática Doutora Watson.

Apesar de a CBS afirmar que se trata de um projeto independente, é talvez muito difícil para a maioria dos que conhecem a série “Sherlock” da BBC não olhar para “Elementary” como um remake da série britânica, especialmente porque, antes de enveredar por esta versão, a CBS foi pedir à BBC para fazer exatamente isso.
Fonte aqui.

“O que nós fizemos com o nosso Sherlock foi apenas tirá-lo dos seus tempos Vitorianos para os tempos modernos. Eles [CBS] têm três grandes mudanças: é Sherlock Holmes na América, é Sherlock Holmes modernizado e é Sherlock Holmes com um Watson fêmea. Pergunto-me se é Sherlock Holmes de todo para além do nome. Era melhor se eles tivessem tornado o Watson uma mulher mas mantido a série na época Vitoriana. Na realidade… isso teria sido muito interessante.” Diz Steven Moffat. “Não quero que soe como se eu e o Mark não quiséssemos que outros tentassem fazer isto. Nós aceitamos, apenas não queremos que danifiquem a marca.”

“Como já sabemos pelo filme do Downey Jr, existe espaço suficiente para dois [Sherlock Holmes], então porque não três?” Diz Benedict Cumberbatch, acrescentando que vê Miller, com quem contracenou na peça de teatro “Frankenstein”, como “um amigo”.
“[Elementary] será diferente e eu não acho que roubará o amor ao nosso e não há razão para ser grosseiro ou amargo quanto a eles ou quanto ao que estão a tentar fazer.”

Quando questionado acerca das possíveis semelhanças de “Elementary” e “Sherlock”, eis o que Jonny Lee Miller respondeu: “Sim, obviamente, tu olhas para ele [Elementary] e dizes, «Espera um segundo…», mas sinto que existem diferenças suficientes. Eu pensei que conseguiria fazer algo com o papel; de outro modo, não haveria razão de o fazer.”

Apesar de a série só estar programada para estrear algures neste Outono, algumas primeiras impressões (e, para algumas pessoas, conclusões definitivas) podem já ser tiradas a partir do Making Of e do Trailer oficiais, que passo a comentar em seguida.

Making Of
0:27 – Joan Watson é uma cirurgiã que fica chocada e se vai esconder ao ver sangue! Afinal de contas, todos nós sabemos como é comum ver-se cirurgiões a fugir do Bloco Operatório assim que o bisturi corta a pele!
0:29 – Sherlock Holmes “Ás vezes odeio quando estou certo.”. Isso não é verdade, o Sherlock Holmes canónico adora estar certo, sempre.
1:04 – Um Sherlock Holmes tatuado! Ora aqui está uma coisa que eu julgava que nunca ia ver na vida! Talvez seja para fazer sobressair ainda mais o seu à vontade com agulhas? (É que, obviamente, torná-lo um ex-toxicodependente não era suficiente!)


Trailer oficial da 1ª temporada
4:34 – Joan “Como soubeste que eu tinha sido uma cirurgiã?”, Sherlock “Google. Nem tudo é deduzível.”. Não? Na minha opinião, a magia do mundo de Sherlock Holmes está precisamente no facto de tudo ser deduzível.



Sim, de facto, parece que “Elementary” será bastante diferente de “Sherlock”!
E também parece que a BBC não tem nada com que se preocupar.



PHS.

2 comentários:

Lizzie disse...

Pois é, pelo jeito o roteiro foi feito as pressas e pouco terá a ver com o personagem original...só pegará o nome mesmo. Espero que não dure nem uma temporada XP

Lika disse...

Lamentavel esse tipo de coisa!!! :s Bom, meu carinho por Sherlock (Tanto o filme, quanto a série britanica, ou os livros do genial Conan Doyle) com certeza não será diminuido por uma série barata... Eles estão denegrindo o nome deles, espero que os verdadeiros fãs não sejam levados por isso... E espero tbm que não surja pseudo fãs de Sherlock Holmes após essa série, argth...

Enviar um comentário

Os 3 visitantes com mais comentários aparecerão no nosso Top Comentadores!
(Para seguir os comentários desta mensagem, clique em "Notificar-me" antes de publicar o seu comentário.)